Tatuadores

Luiza Fortes

Carioca, Luiza Fortes tatua profissionalmente desde 2009.  Vem se inspirando no exemplo de grandes tatuadores, como Mauro Nunes, Eckel, Gogue, Emily Rose, além de outros artistas, como Alphonse Mucha.

Nos últimos oito anos expôs seu trabalho em convenções internacionais – como a Hamburg Tattoo Convention (2012) – e nacionais, onde foi premiada diversas vezes como artista revelação e por seus trabalhos nos estilos abstrato, new school e oriental. Tatuou em estúdios no Rio de Janeiro (Art Factory), Berlin (B 52), Londres (Kings Cross Tattoo), Hamburgo (Tattoo Nouveau) e Stockholm (Swahili’s Bob). Em 2015 tem sua primeira exposição de desenhos na Galeria Graça Brandão, em Lisboa. Em 2016, é publicado um selo nos Correios com sua arte. Atualmente foca mais seu trabalho em um estilo pessoal, valorizando cores, florais e a anatomia do corpo humano.

Tem como gama de clientes tatuados Carolina Kasting, Paulinho Moska, Priscila Fantin, entre outros.

Em 2013 abre o ART LINE TATTOO STUDIO, em Botafogo, no Rio de Janeiro.

André Pessoa

Nascido no Acre em 1985, filho de pai desenhista e ilustrador profissional, André Pessôa sempre se interessou por arte. Com menos de um ano, foi morar em Niterói, no estado do Rio de Janeiro.

Por incentivo de seu amigo de infância e tatuador Alexandre Piolho, em 2006 André Pessôa começou seu aprendizado no mundo da tatuagem no Studio Max Tattoo.

Em pouquíssimo tempo, Pessôa conquistou diversos prêmios e clientes e virou referência para inúmeros seguidores com toda sua habilidade e facilidade de criar, desenhar e tatuar. Em 2013, começou a trabalhar no Art Line Tattoo Studio.

Com preferência por trabalhos realistas e personalizados, Pessôa sempre procura aprimorar sua arte e acredita que o aprendizado é diário e contínuo, dando preferência aos clientes que respeitam sua arte e seu trabalho.

Victor Miranda

Mineiro dos belos horizontes, Victor traz uma pesquisa artística voltada ao meio natural, perpassando pelo Blackwork, contemporâneo, ilustração biológica e abstrato.
Tatuando desde 2017, iniciou seu trabalho quando ainda estudava biologia em Belo Horizonte, experiência que traça fortemente sua trajetória dentro da tatuagem. Buscando estudo, pesquisa e aprimoramento, se integrou à um coletivo de artistas e tatuadores LGBT+ no Edifício Maletta em BH no qual pôde se desenvolver e reafirmar como artista visual, experimentando linguagens além da tatuagem.

Victor traz seu trabalho artístico pro Rio de Janeiro em 2019 como Artista Convidado no Art Line Tattoo, trabalhando nas duas cidades e se junta à equipe de residentes em Julho quando se muda pro Rio, trazendo uma nova pesquisa que junta a ilustração científica com o abstrato, criando tatuagens autorais inéditas, com um olhar muito detalhista e cuidadoso, conversando também com a dinâmica corporal.

Bibi Cardoso

Nascida em Cachoeiras de Macacu em uma família atuante no cenário cultural da cidade, recebeu muito apoio e incentivo para em 2009 se mudar para o Rio de Janeiro e realizar o seu sonho de estudar na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Apesar de flertar com diversas facetas da arte, como teatro, literatura, arte educação e tudo mais, foi no desenho e na pintura que encontrou o seu caminho.

Teve seu primeiro contato com a tatuagem em 2013, mas foi finalmente em 2015 que começou a atuar profissionalmente no ramo.

Podemos encontrar no seu trabalho autoral referências mitologicas, misticas, relações humanas e toda forma de expressão cultural.

Sarah Monteiro

Natural da cidade de Niterói, Sarah Monteiro fez faculdade de Arquitetura onde aprendeu sobre leveza e delicadeza, que utiliza hoje em seus trabalhos de traço preciso e delicado.

Começou a tatuar como hobbie e por gostar de artes desde criança. Está na área desde 2016 e passou por ótimos estúdios, como Max Tattoo, onde aprendeu muito sobre criações e referências. Participou também de alguns eventos e ganhou um prêmio na categoria “aquarela”.

Tatua no Art Line desde 2019 e tem preferência por estilos de traços delicados, pontilhismo, aquarela e blackwork.

Alexandre Moicano

Desde a adolescência se interessa por arte, quadrinhos e desenho artístico.
Iniciou profissionalmente no mundo da tatuagem no ano de 2005, no Rio de Janeiro.
Atualmente estuda pintura a óleo e aquarela para aprimorar seu trabalho na tatuagem.
Apesar da versatilidade em relação aos estilos decidiu focar no Realismo (Colorido e Preto e cinza) dando preferência ao Portrait (retratos de rostos) e a temática mais “nerd” (quadrinhos, séries, filmes e outros).